quarta-feira, novembro 07, 2007

mas o Zé é único

são 9h:41, e já estou com olhos postos no blog da Paula Lee Amante Profissional [ http://www.amanteprofissional.com/blog/], alias, faz parte do grupo de paginas que abro logo pela manha. nunca me foi dito, mas aqui na agência sinto a pergunta no ar: o que procura este rapaz logo pela manha num site com o nome Amante Profissional?

foi lá que encontrei o desafio: a 5ª linha da página 161, que a Paula Lee me lançou.
o desafio é o seguinte: a pessoa tem que escolher um livro ao acaso, ir à página 161 e copiar a frase da quinta linha no blog, e depois desafiar outras 5 pessoas a fazer o mesmo.

não foi difícil, até porque trabalho sempre com um livro ao lado para os momentos em que a inspiração insiste em não dar sinal.
o livro é Não Sou O Único, biografia de Zé Pedro, guitarrista dos Xutos & Pontapés escrita pela sua irmã Helena Reis.

a frase é: “A Directora Clínica de São Francisco dizia-me que eu não podia ter feito nada.”

pessoas que desafio a participar:
Daniela Mann do Amar-ela [http://www.amar-ela.com/]
Pwo do Mwanapwo [http://mwanapwo.casafricana.net/index.html]
Lis do Letras e Manias [http://letrasemanias.blogspot.com/]
Val Du do Loucuras de Lady Lita [http://loucurasdeladylita.blogspot.com/]

e para acompanhar às meninas:
JotaCê Carranca do A Minha Sanzala [http://www.sanzalando.blogspot.com/]

já agora, alguém que me ajude em como posso inserir um link lá no editor do blogger usando mac

4 comentários:

rebeca disse...

não tô querendo te aporrinhar, não!

a propósito: não tenho nada a ver c/ a paula lee.

bjs

Val Du disse...

Meu brother! Valeu pela atenção!

Então lá vai:

A frase é: "E pobre se foi tornando tanta coisa, que dantes era um verdadeiro tesouro".

Ela está contida no livro: Obstinação cujo autor é Hermann Hesse: pag. 161/ quinta linha.
´
É o próprio Hesse falando do: "homenzinho", seu amigo fictício, que estava desaparecendo de sua vida...

Beijos

Lis disse...

Obrigada pela referência.
Já está por lá a minha.
Beijo

JotaCê Carranca disse...

Valeu a intencão mas ainda não vou postar a frase do livro...
Venho aqui dar-te um abraço e dizer-te que ando admirado com a tua ausencia. Volta pá!