segunda-feira, outubro 22, 2007

Marília Gabriela

...
O ser humano não é flor que se cheire. É cruel.

O ser humano é intrinsecamente bom? Não, não é. Ele gostaria de ser, mas não é. E quando ele faz questão de ser bom, já aí reside uma certa maldade. Porque para se ser parece que é preciso ser melhor do que os outros. E também ai reside já uma certa vaidade, excessiva, um defeito desse ser humano complicado.
...

3 comentários:

Anónimo disse...

o ser humano nasce puro; e é deformado ao longo de sua vida.
ser bom é opcional, mas não é fácil. é preciso lutar contra a frça maior que é o "mau". principalmente da vaidade, pq vaidade é o vazio, tudo que está vazio da essência superior que é Deus. agindo Deus; quem impedirá?

Antonio Freitas

gballand disse...

a maldade e a vaidade sao as melhores companheiras do homem que nao as consegue afugentar, mesmo que queira. E se houver uma que foge, a outra fica sempre para espreitar...

Anónimo disse...

NÃO, O SER HUMANO NÃO É FLOR QUE SE CHEIRE. MAS QUEM DISSE QUE ELE SERIA FLOR? RS
É UMA ESPÉCIE EM FRANCA DECADÊNCIA.
VIVE MAL PORQUE ESCOLHE MAL, É OPRIMIDO, PQ SE DEIXA OPRIMIR. VISLUMBRA TUDO O QUE É RUIM, ENTÃO SE FERRA, ISSO COM O PRÓPRIO FERRÃO. OU SEJA: É UMA BESTA, SALVO RARAS EXCESSÕES.

SARAH L. CRUZ