segunda-feira, novembro 10, 2008

Alentejo, Kituxes e azeitonas

em cada país, as cidades também deveriam ser identificas pelo seu cheiro. Já imaginaram como seria atraente olhar para aquelas placas a saída dos aeroportos que dizem bem vindo a cidade X com o seguinte texto:
Bem Vindo a Estocolmo, a cidade que cheira a leite!



no Alentejo, onde tem-se a impressão que o tempo simplesmente para, o cheiro que mais se sente no ar é sem duvida alguma o de azeitonas verdes frescas!



foi aqui, neste silêncio interrompido apenas pelas vozes das árvores e o grito da paisagem que de repente deparei-me com o Cota António!
Tio Antonito (para os íntimos), vocalista da banda angolana Kituxi e seus Acompanhantes, tem um ar tímido e quase sempre responde as perguntas com expressões faciais. fala pouco com a boca, mas aqueles olhos quase que não se calam.



os Kituxes no Alentejo, repito no Alentejo, foram uma surpresa super agradável e o mais kuiozo foi puder estar nos bastidores e olhar como se preparam antes da actuação. o relacionamento entre os dois jovens da banda com os cotas (3), tem uma sincronização bastante africana, calam-se quando se devem calar e falam quando lhes é permitido sem que os cotas digam alguma coisa, são os olhares que fazem tudo!



as dançarinas, têm um sorriso tão branco que por momentos desconfiei se as lindas meninas não sabem o que quer dizer tristeza. uma delas disse-me que em cima do palco não se lembra o que são problemas.



no final, depois de muitas e muitas palmas fez-se a foto de família mas sem antes fazerem-me prometer que quando estiver na banda entregar as fotos em papel ao Tio Antonito. 



2 comentários:

heloisa de p. freitas disse...

Fotos bonitas.

Heloisa

São Paulo Brasil

Zé Kahango disse...

Muito bonita a indumentária do conjunto!