sexta-feira, outubro 20, 2006

bom fim de semana

Vivo sempre no presente. O futuro, nao o conhe�o. O passado, j� o nao tenho. Pesa-me um como a possibilidade de tudo, o outro como a realidade de nada. Nao tenho esperan�as nem saudades. Conhecendo o que tem sido a minha vida at� hoje tantas vezes e em tanto o contr�rio do que eu a desejara, que posso presumir da minha vida de amanha senao que ser� o que nao presumo, o que nao quero, o que me acontece de fora, at� atrav�s da minha vontade? Nem tenho nada no meu passado que relembre com o desejo in�til de o repetir. Nunca fui senao um vest�gio e um simulacro de mim. O meu passado � tudo quanto nao consegui ser. Nem as sensa�oes de momentos idos me sao saudosas: o que se sente exige o momento; passado este, h� um virar de p�gina e a hist�ria continua, mas nao o texto.

Fernando Pessoa

1 comentário:

Daniela Mann disse...

O Fernando Pessoa era um g�nio e os seus textos s?o inigual�veis!
Boa escolha!
Beijinhos meu amigo