quinta-feira, dezembro 21, 2006

o tabu que "todos" fazemos

para quem leu este meu post, sabe que eu gosto de masturbar-me antes de lavar os dentes, o que para mim é uma necessidade tão normal como ir ao cinema, o que não quer dizer que se ficar 2 ou mais meses sem fazer morro.

cresci num meio em que falar de masturbação era/é um tabu, onde ninguém assumia/assume mas "todos" o faziam/fazem. não quero com isso dizer que temos de sair a rua e gritar eu gosto de bater punheta. o que realmente me espanta é que em determinados círculos, se não todos (incluindo claro a blogsfera) se debate ou se escreve de tudo, politica, desporto, sentimentos, humor ou sexo, e todos ou alguns falam em experiencias pessoais, mas se entrar masturbação "todos" ou a maior parte nega nunca ter feito este ato "bárbaro". há ainda aqueles que se calam sem se aperceber de que por vezes o silêncio grita.

Tudo isso porque li no blog do
Alex Castro este , onde ele faz algumas perguntas sobre o tabu, e eu como não gosto que o silêncio grite por mim respondi.

Como você se masturba? Com que frequência?
depende, há alturas em que pelo menos uma vez por dia, outras em que passo meses sem o fazer. 2 num só dia muito raramente.

Qual foi o seu ápice masturbatório, a época em que mais se masturbou? Quantas vezes em média?
não lembro, mas nunca cheguei as 7 por semana ou 3 ao dia.

Como você aprendeu a se masturbar? Com que idade se masturbou pela primeira vez?
em filmes. depois dos 13.

Você já usou algum tipo de apetrecho/objeto pra te auxiliar, de KY a pepinos, passando pelo gato da vizinha?
nunca.

Já masturbou outra pessoa?
já.

Você pára ou parou de se masturbar quando tem uma vida sexual regular? Qual é a diferença dos seus padrões masturbatórios quando está solteiro e quando está num relacionamento?
não, mas houve uma diminuição.

Qual foi o lugar mais estranho onde já se masturbou?
o estranho é relativo. para mim deve ter sido aquela vez no WC da escola.

Que tipos de estímulos ou inputs você usa/prefere/precisa? Ou seja, você se masturba pensando em algo, ou precisa/prefere ler uma revista, ver um fime, olhar uma foto, etc, algum input externo?
nada disso. a mente tem um poder imaginativo que input algum alcança.

O que você evoca pra se masturbar? Cenas de filmes, cenas que viveu, cenas que você fantasia mas que nunca aconteceram, a imagem que alguém conhecido ou não, o cheiro, o toque ou a voz desa outra pessoa, etc?
quando era puto muitas vizinhas já passaram pela mente. hoje só com cenas que já vivi.

Você já teve vergonha de se masturbar e tentou parar?
não.

Você já foi flagrado se masturbando?
sim.

Pois, já sei, agora pensas que não tenho juízo neh? se calhar ate tenho mais do que você, fingido(a).


se o tema lhe interessou, leia também Paula Lee
Masturbo-me, logo existo… sexualmente (conto erótico)

1 comentário:

Malonguito disse...

É claro que a masturbação é uma das maiores fontes de prazer que existem. Depois não tens que estar ali a aturar um gajo com exigências e ideias aparvalhadas de te querer ir à peida e depois enfiar na boca e assim.
Gostei deste post, Salucombo!
És um gajo como eu. Sem quês nem porquês.
Já lá vai o tempo em que a masturbação era ameaça de morte ou de impotência!
Viva os dedos, as mãos e as ideias que cada um tem na intimidade!