sexta-feira, fevereiro 09, 2007

será que eles merecem ter nacionalidade?

ontem na brincadeira com alguns amigos, tive uma saída que todos devem ter me achado louco.
a brincadeira consistia em trocarmos os mp3 uns com os outros e no final cada um escolhia a música que mais gostou da playlist do outro (só contavam musicas de cantores com a nacionalidade do dono do mp3). a mim calhou-me o mp3 da menina da Suécia, que depois de ouvir a sua playlist encontrei por lá
Peter von Poehl. quando já estávamos na fase de cada um comentar a sua escolha disse que Peter von Poehl já tinha passado da fase de ser Sueco, porque agora ele é internacional.
e de facto, é assim que eu penso.
para certos "monumentos" como Bob Marley, Fela Kuti, U2 ou Madonna, só para dar alguns exemplos, que pelas maravilhas feitas, nenhuma pessoa ou pais deveria reclamar como "bens" nacionais, porque eles hoje são de todos nos, e quer queiram quer não são internacionais. Peter von Poehl, apesar da idade também o é.

a escolha da menina sueca no meu mp3 foi Njaji de Mário Rui Silva, porque como disse ela: aquilo não era o som de uma guitarra qualquer!
ao que eu respondi:
como vez, também escolheste um internacional.

PS: ao escrever este post não pude deixar de me lembrar sobre uma notícia que li ontem no
Koluki, sobre o governo da Guine Bissau querer pretender "nacionalizar" Whoopi Goldberg, outra que também acho um "monumento" internacional.

deixo-vos com as duas escolhas musicais e um desejo de bom fim-de-semana.
click AKI para ouvir Njaji


Peter von Poehl - The Story Of The Impossible

1 comentário:

Denudado disse...

O Mário Rui Silva é um dos expoentes máximos daquilo a que poderemos chamar a "escola angolana" de guitarra (ou viola, como costumamos dizer em português). É uma técnica de execução criada por "Liceu" Vieira Dias, leader dos Ngola Ritmos, e continuada por seu filho Carlitos Vieira Dias e Mário Rui Silva, entre outros.

Quando ouvi o Mário Rui Silva pela primeira vez, fiquei extasiado com o que ouvi. Só é pena que ele não cante tão bem como toca; esse é o único defeito que encontro nesta canção "Nzaji" (Raio). Muito obrigado pela lembrança.