sexta-feira, dezembro 30, 2011

o jantar de natal

faz hoje alguns anos desde que tive o meu primeiro jantar de natal diferente do que estava habituado na minha infância. estava em Malta e fui jantar a um restaurante em Saint-Julian´s com um grupo de amigos, todos com diferentes nacionalidades e claro, o jantar não foi bacalhau nem peru como eu estava habituado.

depois de Malta, tive outras ceias de jantar diferentes das que fazíamos lá em casa.

hoje aqui em Schoelcher o natal voltou a ser diferente na gastronomia. apenas na gastronomia, porque cá como em todos os outros lugares que passei um natal o conceito não difere muito daquele que temos em Angola. a família junta-se em casa onde por vezes convida alguns amigos próximos para o jantar de natal. a conversa começa tímida, mas depois a felicidade apaga a timidez e contam-se histórias do passado que fazem todo mundo rir... as crianças brincam entusiasmadas porque sabem que a seguir vem a troca de prendas, e apesar de todos os problemas que essa e outras famílias têm, naquele momento esquece-se temporariamente todas as situações menos boas.

não havia o bacalhau, não havia moqueca de camarão ou o besugo que uma vez comi em Espanha... havia um presunto preparado com a ananás e mais alguma coisa que não sei mas que tinha um sabor delicioso com mistura de sal com açúcar, havia inhame, havia umas tostas com salmão fumado ou foiegras, um leitão tão bom que é acompanhado com um feijão que segundo os antepassados deles vem de Angola!

mais do que um dia de natal foi um dia extraordinário, em que mais uma vez fui tão bem recebido que por momentos senti-me parte desse lugar.



1 comentário:

Claudia Chitas Neto disse...

Diferente mas foi NATAL, e que o mais importante é que passemos em Companhia agradável, que consigamos Sorrir, e ter uma Mesa Bonita como a que Tiveste!
Feliz ano Novo...
CCN