quinta-feira, janeiro 31, 2008

para ti, que nunca me lês!

continuo a ouvir o silêncio das tuas palavras dizendo-me que devo partir…

mas eu quero ficar,
eu vou ficar.

2 comentários:

Paradoxo disse...

Simplesmente PODEROSO...!!!

abraço!!

bekeflowerlee disse...

Isso seria uma citação; ou uma realidade.

Partir e chegar, é a nossa missão.

boa sorte